Páginas

quarta-feira, julho 28, 2010

Outras artes

Tenho outras artes que não apareceram, mas que estão prontas (e presenteadas) em tempos diferentes. Tempo!

Tempo é tudo e está sempre disponível. Nós é que inventamos mais do que é possível aos nossos braços, pernas, energia, disposição ou pensamentos.

Já estou sofrendo quando penso no tempo (de férias) que está passando como areia de ampulheta... Então, melhor curtir mais um pouquinho a minha vida de arteira!

Esta caixinha fiz (desde o natal)
para a Sogrinha


Esta (a seguir) foi produzida na mesma época
e apenas ontem entreguei à mamãe

Coloquei dentro um creme hidratante 
(que não aparece nas fotos)

Elas merecem!

sábado, julho 24, 2010

Decoupage - resposta ao S.O.S.

Outro dia pedi ajuda e recebi apoio de longe.
Obrigada!
Demorei...
Queria usar tecido 
nestas bandejas:





Estou "pocando" de orgulho!

sexta-feira, julho 23, 2010

Desafio

Contei à amiga o que andava fazendo nestes últimos dias (artes) enquanto não consigo decidir fazer nada de nada quanto à saúde.

Expliquei o quanto é legal e trabalhoso ficar costurando os retalhos coloridos até o momento em que se transformam em algo, no caso, as mantas de bebê. Lembrei que as duas mantas não serviam mais para o bebê dela - ele já tem um ano e é grandão como todos naquela casa.

Comentário sincero da amiga: estamos procurando manta/edredom/cobertor e os tamanhos são infanto juvenil ou bebê.

Aí sim, fui desafiada!

Pensei... Rascunhei alguns pensamentos... Resolvi fazer um projeto (de verdade!) que não fosse no corta e costura das mantas anteriores... Não vou inventar almofadinhas, mesmo com as sobras de tecidos!




Muitos cálculos para as medidas
e escolha de cores
Medidas: 1,10 x 1,40

Mapa II

Tecidos recortados e com as barras passadas
(pode internar, pois enlouqueci! 
Uma hora passando e muitas
encrencas entendidas
Eita, terapia!)

Manta I
Xadrez nas beiradas
Verso estampado de bichinhos

Manta II
bichinhos nas beiradas
Verso: xadrez de azul
(escolha do filho)

Agora, é só a Lila escolher para o Ramon!


quinta-feira, julho 22, 2010

Do começo parte 2

Inspiradíssima 
e com mais retalhos coloridos
e bordados (esquecidos)
continuei diante da
tesoura, linha, máquina de costura...

Mais uma manta de bebê
(nem conheço tantos bebês)
com almofadinha:

Detalhe: os ursos são bordados
Detalhe do verso: tecido verde de bolinhas brancas:
Verso
Frente (bordada)
"embrulho para presente":
Tudo dentro da sacola (de TNT)
e com detalhes combinando.

Nem vou pensar muito quando vou repetir tudo isso...
Não quero repetir muita coisa que está acontecendo na vida.


Do começo...

Aquelas coisas da vida... Fiquei provocada e estimulada a criar depois da Mega, como já mencionei. O começo foi pura empolgação e quase nada de pensamento. Fui aos retalhos mil que andavam à espera de caixinhas...

O resultado apareceu inspirado no bebê Adrian, mas esqueci de entregar quando fui levá-lo com a mamãe dele ao aeroporto no dia 12. Agora está tudo aqui:

Manta
e  almofadinha 
(parece grande na foto, mas não é) 




Tudo dentro de uma sacola (de TNT), pois
parece impossível pensar em 
embrulho para presente.

Tudo feito por mim
(estou explodindo!)

Mais umas graças/artes

A maquininha aqui está bem lenta 
e causa tortura de tanto esperar
o "uploud" das fotos...
(criatura ansiosa!)

Mais essas graças/artes que fiz:

O bordado estava guardado (quase nove anos...) e virou
almofada para o filho (o Fred está aí de metido!)

Aprendendo artes novas...

Inventando mais um pouco...

Agora tenho dois agulheiros!


Artes Minhas (mais)

Minha vida de "arteira" é novidade desde o ano passado. Algumas outras criações já apareceram aqui e as ideias borbulhentas criaram outras coisas mais. Daí, é claro, existe toda a falta de tempo e a vida corrida e atropelada (não que o tempo esteja sobrando nestas férias... abandonei a responsa!) e os sonhos ficam esquecidos...

Apesar de toda a tristeza e das inúmeras dificuldades que estou vivendo, encontro nas artes um alívio (sou arteira!). Tesoura, linha, agulhas, retalhos, cola, tintas, caixinhas, papéis coloridos...

Momento inspiração aumentou após conhecer a Mega (estava uma verdadeira mariadasdores no dia, além do enorme resfriado). Mas, apreciar o belo ajuda...

A preferida:
Manta para meu cantinho no sofá

Detalhe do verso: marrom com corações

Capa de almofada com sobras (mil) de retalhos:

Detalhe do verso: cinza (que dá direito a sujar)

As outras mantas
(que penso em presentear):

Detalhe do verso: listrado de laranja e branco

Essa (danada!) deu trabalho demais:

O fundo vermelho não é detalhe, pois o vermelho é detalhe na frente:

Conclusão parcial: cortar tecidos, medir tudo, preparar as linhas e manter a atenção à costura reta são atividades que impedem o caminho dos livres pensamentos. 
Concentração! 
Impressionante!

Mimos para a Dolores

Já falei da Dolores

O presentinho que apareceu ontem tem 
a Sacola:

Ela vai ganhar junto o
porta treco:




terça-feira, julho 20, 2010

Artes Minhas

Algumas realizações de férias:
cama para Dolores
Fred experimentando a cama
Aprovado!

Sim, é possível explorar a criatividade
(principalmente quando é necessário fugir...)

Reforma

Essa reforma está mais trabalhosa do que nunca (ou do que sempre).

quinta-feira, julho 15, 2010

Isso é complicado, hein?

Tenho um sobrinho de vinte e poucos anos, mas com sinceridade de uma criança de cinco anos. A memória dele é ótima e sempre que alguém precisa de uma recordação familiar (após o nascimento dele, é claro!) pode recorrer ao danado que lembra detalhes - até os indispensáveis.

Desde criança o moço é fã do tio (não por acaso o Amorzão) e sempre que vê fotos ou filmes caseiros dos encontros familiares ele repete, com a sinceridade peculiar: "Tio, você parece jovem mesmo depois de 40 anos. Mas, você já tem 46, né?"

O tio fica lisonjeado (e quem não ficaria?).

Estamos todos muito próximos, pois o luto reaproxima (ou separa de vez) e, em casa, após a leitura que fiz em voz alta da mensagem a seguir:

A longevidade das professoras
O SEGREDO... 
Um médico saiu pra caminhar e viu essa velhinha da foto sentada num banco fumando um cigarrinho. 



Se aproximou e perguntou:
"Se nota que é tão feliz.....qual é seu segredo??  
Ela  respondeu: "Sou PROFESSORA, durmo às 3 da manhã corrigindo provas e planejando atividades, me levanto às 6 da manhã. Nos fins de semana não pratico nenhuma atividade física, não me divirto. Trabalho fazendo projetos, corrigindo mais provas, revisando exercícios ou atualizando meu blog!!! Todo final de semana, sábado, domingo e se a segunda é feriado, também. 
Não tomo café, não almoço e nem janto direito porque não dá tempo. 

O doutor então exclamou:
- "Mas isso é extraordinário. Quantos anos a senhora tem??  
- 39, lhe respondeu a velhinha!

Entrando na brincadeira, o sobrinho, após ouvir tudo, diz, com sinceridade:


"- É a senhora, tia?"

Gargalhada geral e resolvi completar:

- Melhor fazer algo com urgência, pois o tio é que sempre ganha os elogios de ter cara de garoto.

O sobrinho responde (querendo ajudar, mas piorando tudo):

"- Tia, eu sempre falo que ele parece jovem para a idade que tem, mas não parece criança, não!"

...

Conclusão: 

Preciso, com urgência:

(   ) Recorrer a um manicômio
(   ) Fazer uma plástica
(  ) Trocar de sobrinho (tenho apenas este, o irmão dele, mais dois filhos do meu irmão, uma sobrinha de verdade e outra de coração)
(   ) Pular de um pé de couve
(   ) Mudar de profissão

Estou pensando na última opção...

quarta-feira, julho 14, 2010

Ajustes

Tudo passa por ajustes e sei que estou neste momento.

segunda-feira, julho 12, 2010

Pensamentos de momentos

1.   Se for possível escolher uma cor estou azul claro, rosa claro e lilás. Nem quero saber o significado das cores, sei que há calmaria quando penso nessas cores – de preferência estampadinhos, pois traz alegria.

2.    Descrever o luto é complicado, no momento.

3.    Cólicas e encrencas ginecológicas continuam, sim.

4.   Sem vontade alguma de sair de casa. Serve se é para ver coisinhas bonitinhas (algumas artes manuais).

5.   Decisões da vida... Só se for escolher os retalhinhos coloridos que servem à decoupagem e ao patchwork – as maiores paixões destas férias frustradas – mais a customização. Nunca pensei que artes seria a melhor distração da vida.


quinta-feira, julho 08, 2010

A dor

Antônio Gonçalves Torres

28/11/1918

05/07/2010

segunda-feira, julho 05, 2010

Vivendo...

Viva!

Viva a vida e viva a alegria de viver!

Estou dando vivas à vida que tenho. Não fiquei pior e nem melhor. Estou fazendo de tudo um pouco para manter a cuca bem fresca. Estou em férias, mas à disposição de meus alunos estagiários. Estou com as mesmas encrencas de antes (dores, "fluxo", medicamentos, dúvidas quanto às opiniões médicas...) e continuo buscando motivos para sorrir todos os dias - mesmo não conseguindo finalizar minhas obrigações do semestre, peguei a máquina de costura do alto do armário e estou conferindo que ela ainda funciona!"


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails